Você realmente utiliza DevOps?

Tempo de leitura: 4 minutos

E aí pessoal, tudo bem?

 

Você que está lendo esse meu artigo, sabe o que é DevOps? A um tempo atrás escrevi aqui no site, um outro artigo, explicando melhor o que é esse tal de DevOps. Mas bem, caso você ainda não tenha lido o artigo, vou explicar aqui, em poucas palavras o que é, para assim prosseguirmos com o assunto.

DevOps, é uma metodologia de desenvolvimento de Software, que visa aproximar os times de Desenvolvimento (Dev) e Operações (Ops), para que possamos criar e manter um software da maneira “mais saudável” possível. Essa sinergia entre os times é algo crucial para que possamos desenvolver e manter um software com qualidade em nossos ambientes.

O conceito de DevOps não é algo assim tão novo, como também não é algo que possa ser considerado antigo, e hoje já é muito comum encontrar diversos profissionais falando de DevOps no mercado, entretanto, uma coisa que eu tenho notado já a algum tempo, é que, embora se fale muito de DevOps, não há uma preocupação total com o processo por completo por alguns profissionais e/ou empresas.

Digo isso, pelo fato de que em diversos cenários, encontramos aqueles que dizem estar aplicando o DevOps, se preocupando apenas com uma das pontas do processo, esquecendo que DevOps é um ciclo completo, não parte dele.

No cenário atual, eu enxergo 3 cenários comuns:

1 – Empresas/Profissionais que se preocupam e se atentam ao DevOps como um todo;

2 – Empresas/Profissionais que se preocupam apenas com Dev;

3 – Empresas/Profissionais que se preocupam apenas com Ops;

Eu colocaria ainda um 4º cenário, entretanto acredito que isso fique implícito nos cenários 2 e 3:

4 – Empresas/Profissionais que acreditam estar trabalhando com DevOps;

 

O Primeiro cenário, é o mundo ideal, que algumas empresas realmente alcançaram ou estão caminhando neste ponto, onde aplicam o DevOps por completo, sempre se preocupando com todas as pontas, e inclusive com novidades que possam vir a agregar o processo.

Já o segundo e o terceiro, em muitas vezes são profissionais que vieram de uma das áreas, e ainda se prendem a ela, se preocupando em aprimorar apenas um dos lados.

DevOps, não é apenas se preocupar com a parte de Infra ou apenas com a parte de Dev, mas sim, com ambas as partes para entregar um software de alto valor para a empresa, é comum o(a) profissional que trabalha com DevOps ter um viés próprio principal, o meu por exemplo, é Desenvolvimento, entretanto, se quisermos realmente trabalhar com DevOps, precisamos entender e nos preocupar com o outro lado também, você não precisa ser um Jedi nas duas áreas, mas precisa entender, saber compreender, e como resolver cenários dos dois lados, incluindo possíveis inovações a serem utilizadas.

Por exemplo, recentemente vi em um grupo na internet, um profissional perguntando o que ele precisaria conhecer para trabalhar com DevOps, e eu vi umas respostas um tanto quanto interessantes, como por exemplo:

  • Se você utiliza Docker você já está trabalhando com DevOps
  • Se você é de infra, e usa ferramentas como Chef, PowerShell, etc, você é DevOps

Eu particularmente discordo desta visão simplista que alguns tem abordado, pois DevOps é algo muito mais completo que apenas um ponto desses.

Do meu ponto de vista, se você mantem seu viés muito forte, e foca apenas nele para aprimorar os processos na empresa, você não está de fato trabalhando com DevOps, você está apenas melhorando parte do processo, não que isso seja de fato ruim, melhorar processos é sempre bom, o problema é você acreditar que trabalha com algo, que não é de fato verdade, e em alguns casos, acabar vendendo isso como verdade, podendo prejudicar seu cliente com falsas informações.

Eu acredito que para você trabalhar com DevOps, existem algumas preocupações básicas para se atentar, mas existem outros pontos que podem ser incluídos na lista abaixo também:

  • Gestão do Código Fonte
  • Gestão de Tarefas
  • CI (Continous Integration /Integração Continua)
  • Automação de Testes
  • CD (Continous Deployment / Deploy Continuo)
  • Monitoramento da aplicação
  • Infra-As-Code (Infra como Código)
  • Interação e comunicação entre os times

 

Como disse logo no início, DevOps é uma metodologia, não uma ferramenta, você pode trabalhar com essa metodologia da maneira que for mais adequada ao seu cenário, eu por exemplo, gosto muito das ferramentas da Microsoft, como por exemplo, o VSTS (Visual Studio Team Services), que hoje é a plataforma de DevOps da Microsoft, onde podemos ter de maneira bem integrada todo nosso processo.

 

E você, o que acha? Concorda com minhas opiniões? Discorda? Acha que faltou algo? Compartilhe conosco aqui na caixa de comentários.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *