Compilando seu projeto Java com o VSTS no Linux

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Sempre que falamos de um produto Microsoft, a primeira coisa que vem as nossas mentes, é que funciona apenas para tecnologias produzidas por ela, certo? Bom, sim, essa é a primeira coisa em que muitas pessoas pensam, entretanto, essa não é a verdade, a verdade é que a Microsoft tem abraçado fortemente os Softwares livres, como por exemplo o Linux.

20150921microsoft-s2-linux[1]

E com o VSTS (Visual Studio Team Services) não poderia ser diferente, com ele nós podemos fazer o controle de versões não somente de projetos desenvolvidos em Tecnologias Microsoft, mas podemos também de outros tipos de projeto, como Java, PHP, etc.  E ainda podemos ir além disso, quer saber como? Então continue lendo.

Bom, se você chegou a este artigo, provavelmente sabe que o VSTS é muito mais que um controle de versões, e que ele também possui um serviço de build e release automatizado. Você sabia que pode configurar um processo de build automatizado de seus projetos Java no VSTS? Utilizando o Maven, e rodando em um servidor Linux?

A algum tempo, a Microsoft disponibilizou o Agente de build do VSTS (ainda em versão preview até o momento que escrevo este artigo), que roda em uma máquina Linux. Isso mesmo que você leu, o cliente de Build do VSTS, que até então rodava apenas em Windows, rodando em Linux!!

agente

Agora, nós podemos configurar todo o nosso processo de Build para ser realizado direto no Linux, utilizando Maven. E é isso que vamos ver neste artigo, um build Java, sendo realizada pelo VSTS em uma máquina Linux.

Para este exemplo, estou utilizando um projeto de Sample, que peguei no GitHub (veja aqui), e fiz um push para o git no VSTS.

Para utilizar como servidor de Build do VSTS, vamos utilizar o Docker em uma Maquina Virtual do Azure,  eu utilizei uma imagem que disponibilizei no Docker Hub, chamada julioarruda/vsts-maven, nesta imagem, está instalado o Java, Maven, e o Agente de build do VSTS, você pode utilizar essa imagem em seus testes também.

hubagente

Vamos agora, configurar um novo build no VSTS, utilizando o Maven e apontando para este nosso projeto, de acordo com a imagem abaixo, devemos apontar a localização do arquivo pom.xml, que é utilizado para o Maven baixar as referencias e realizar as compilações.

builddefinition

Agora, com o build configurado corretamente, vamos enfileirar um novo build, e vamos acompanhar os logs que estão sendo gerados, como você pode ver nesta imagem, o processo está sendo executado em uma máquina Linux!!

buildlinux

Agora que o processo terminou, podemos ver que os pacotes foram gerados corretamente.

O Processo funcionou perfeitamente, e o melhor, em uma Máquina Linux! Ou melhor, em um container do Docker, rodando em uma máquina Linux, e tudo no Azure! Animal não acha? E com a ajuda do Docker, fica muito mais rápido configurar os agentes.

 

No meu próximo artigo (ou vídeo, vamos ver o que fica melhor. Hehe), vou mostrar a vocês como configurarmos todo o processo de ponta a ponta.

 

Espero que tenham gostado, porque eu curti demais……

 

Ah, vou deixar para vocês também, o link para um curso surpresa, totalmente gratuito.

Acesse: http://arruda.eu/2acuWqi

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *